Topo
Saque e Voleio

Saque e Voleio

Nishikori desiste, e Djokovic avança sem drama às semifinais na Austrália

Alexandre Cossenza

23/01/2019 07h39

Novak Djokovic teve poucos problemas para avançar às semifinais do Australian Open. Diante de um Kei Nishikori fisicamente debilitado, o sérvio rapidamente abriu vantagem e viu o adversário abandonar o confronto quando o placar mostrava 6/1 e 4/1, após 52 minutos de partida.

O número 1 do mundo vai enfrentar na semi o francês Lucas Pouille, #31, que faz uma campanha surpreendente e, nesta quarta-feira, eliminou o canadense Milos Raonic por 3 sets a 1: 7/6(4), 6/3, 6/7(2) e 6/4.

Como aconteceu

Desde o começo, ficou claro que seria difícil para Nishikori até ameaçar Djokovic nesta quarta-feira. Enquanto o sérvio confirmava o serviço sem sustos, o japonês foi quebrado no primeiro game de saque e só conseguiu ganhar o quarto game a duras penas. Em 32 minutos, Nole fez 6/1.

Nishikori recebeu atendimento médico no intervalo entre os sets e já deixava claro que não teria condições de competir. O japonês, que fez três partidas de cinco sets antes de chegar às quartas de final, teve a coxa direita enfaixada e continuou sem a movimentação necessária para bater a consistência do atual número 1 do mundo. Djokovic conseguiu uma quebra já no terceiro game e o japonês abandonou pouco depois.

Sobre o autor

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais.
Contato: ac@cossenza.org

Sobre o blog

Se é sobre tênis, aparece aqui. Entrevistas, análises, curiosidades, crônicas e críticas. Às vezes fiscal, às vezes corneta, dependendo do dia, do assunto e de quem lê. Sempre crítico e autêntico, doa a quem doer.