Topo
Saque e Voleio

Saque e Voleio

Federer despacha freguês e vai encarar qualifier na segunda rodada do Australian Open

Alexandre Cossenza

2014-01-20T19:10:11

14/01/2019 10h11

Roger Federer enfrentou Denis Istomin pela primeira vez em 2006, também na rodada inicial do Australian Open. O suíço saiu vitorioso naquele dia e em todos os outros cinco duelos com o uzbeque. Não foi diferente nesta segunda-feira, 13 anos depois daquele primeiro encontro. Por 6/3, 6/4 e 6/4, em 1h57min, Federer anotou sua sétima vitória sobre Istomin e avançou com facilidade à segunda rodada em Melbourne.

O suíço de 37 anos, atual campeão do Australian Open, vai encarar em seguida o qualifier britânico Daniel Evans, #189 do mundo, que bateu o também qualifier Tatsuma Ito, do Japão: 7/5, 6/1 e 7/6(8).

Como aconteceu

Foi uma partida típica dos dois veteranos. Istomin, 32 anos, tentou seu jogo de golpes retos e subidas à rede. Federer, na maior parte do tempo, dominou do fundo de quadra. O uzbeque, aliás, teve pouquíssimas chances no serviço so suíço, que esteve afiadíssimo. Istomin venceu apenas 18 pontos de devolução nos três sets somados e não conseguiu um break point sequer.

Federer, por sua vez, aproveitou suas oportunidades. No primeiro set, quebrou Istomin no quarto game e disparou na frente. Na segunda parcial, a vantagem foi conquistada ainda mais cedo – no terceiro game, quando o uzbeque mandou uma direita na rede. Quando exigido, Federer ainda tirou da cartola passadas mágicas, como o brilhante backhand do vídeo acima. Por fim, anotou a última quebra no quinto game do terceiro set.

O que esperar de Federer

Um adversário como Istomin, com um histórico de derrotas diante de Federer, pode não parecer o melhor dos parâmetros para julgar as chances do suíço do torneio, mas que ninguém se engane: Roger chegou muito em forma a Melbourne, e isso ficou visível nos poucos "pontos grandes" de hoje.

Federer será favoritíssimo também contra Evans. Seu primeiro teste, talvez (insiram um negrito mental em "talvez", por favor), venha na terceira rodada, contra Gael Monfils ou Taylor Fritz.

Sobre o autor

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais.
Contato: ac@cossenza.org

Sobre o blog

Se é sobre tênis, aparece aqui. Entrevistas, análises, curiosidades, crônicas e críticas. Às vezes fiscal, às vezes corneta, dependendo do dia, do assunto e de quem lê. Sempre crítico e autêntico, doa a quem doer.