Saque e Voleio

Monte-Carlo: o destino mais charmoso do tênis

Alexandre Cossenza

MonteCarlo_2014_get_blog

Publieditorial

Poucos eventos no circuito proporcionam ao fã de tênis o glamour e a emoção do Monte-Carlo Rolex Masters. O famoso torneio do Principado de Mônaco, disputado no charmoso e exclusivo Monte-Carlo Country Club, abre a temporada europeia de competições no saibro e costuma ser o melhor indício para apontar o campeão de Roland Garros.

O que não falta é atrativo para fãs de tênis migrarem para Mônaco durante o torneio, que este ano será realizado de 15 a 23 de abril. E não só pela importância dentro do calendário do tênis. Ir ao Monte-Carlo Rolex Masters significa ver de perto os maiores nomes do esporte na quadra central mais bonita do circuito, com vista para o Mediterrâneo e para as montanhas.

Quer ir ao Masters de Monte Carlo? Clique aqui e saiba como!

Além disso, o fã pode ver muito de perto – da beira da quadra! – os treinos de nomes como Novak Djokovic e Rafael Nadal sem precisar se espremer na disputa por espaço como acontece no US Open e em Roland Garros. E não é só isso. No Monte-Carlo Country Club, atletas e torcedores dividem várias áreas comuns, onde é possível caminhar lado a lado com seus ídolos.

A chave de 56 jogadores é outro diferencial. Como o torneio é disputado em uma semana e os jogos são disputados apenas em sessão diurna, comprar um ingresso para a quadra central praticamente garante que você vai ver seu tenista preferido. Já imaginou ver Rafael Nadal, Novak Djokovic, Roger Federer e Andy Murray no mesmo dia? No Masters 1000 de Monte-Carlo, isso é possível.

É preciso dizer também que os atrativos do Principado de Mônaco não se limitam ao tênis. É possível passear pelas ruas que formam o tradicional circuito da Fórmula 1, visitar o famoso Casino de Monte-Carlo e passear na costa do Mediterrâneo.

Juntando tudo acima, fica difícil dizer que existe um destino tenístico mais atraente que Monte-Carlo…